Adicionado(s) ao carrinho
Adicionado(s) ao carrinho
Carrinho de compras

A hilti prossegue um crescimento rentável

As vendas do Grupo aumentaram cerca de 10,7% para 5,6 mil milhões de CHF

hilti c2020

 O Grupo Hilti continuou a aumentar os seus investimentos em 2018 e, num ambiente de mercado positivo, voltou a registar um crescimento de dois dígitos. Em termos de moedas locais, as vendas aumentaram 9,8%. O resultado operacional aumentou 7% para 728 milhões de CHF.

"2018 foi um ano dinâmico e importante para nós. Utilizámos o nosso forte posicionamento financeiro e manutenção do ambiente de mercado positivo para investimentos futuros significativos. Investimos mais do que nunca e continuamos a implementação consistente da nossa estratégia Vencedor de 2020" resume assim o ano de 2018 o CEO Christoph Loos.

A Hilti atingiu novamente crescimento em todas as regiões do mundo. A América do Norte e Europa tiveram uma taxa de crescimento de dois dígitos (10,4% e 10,6%, respetivamente, em moedas locais). A América Latina aumentou significativamente 8,6%, embora os principais mercados tenham sido afetados por incertezas políticas. A região da Europa de Leste/Médio Oriente/África também sentiu um forte crescimento (+9,3%). Aqui as tensões políticas afetaram negativamente o negócio, em particular na Rússia, Turquia e Arábia Saudita. Na Ásia-Pacífico, o crescimento aumentou 7%, mas ficou atrás das expectativas. Os efeitos cambiais, em particular o euro ligeiramente positivo, aumentaram 0,9 pontos percentuais às vendas em francos suíços.

Os investimentos substanciais em inovação, pesquisa de mercado e infraestrutura fortaleceram as bases para um crescimento rentável a longo prazo. A despesa de I&D aumentou cerca de 14% para 355 milhões de CHF. 1.000 colegas juntaram-se à equipa de vendas e globalmente existiam 29.004 funcionários (+8%) no final de 2018.

Apesar dos elevados investimentos, o resultado operacional aumentou cerca de 7% para 728 milhões de CHF. O rendimento líquido aumentou cerca de 5% para 546 milhões de CHF. Tanto o retorno sobre as vendas (12,9%) como o retorno do capital empregue (20,6%) se mantiveram num nível elevado. O fluxo de caixa livre foi de 245 milhões de CHF. Com um coeficiente de endividamento de 55% e uma liquidez de mais de mil milhões de CHF, o balanço do Grupo Hilti mantém-se forte. 

"Estamos satisfeitos com os nossos resultados anuais, que se encontram dentro das nossas expectativas. Estamos confiantes com o atual foco da empresa e, por isso, decidimos alargar a agenda da nossa estratégia Vencedor de 2020 dois a três anos. Dentro deste prazo, iremos continuar os nossos investimentos na digitalização e modernização da empresa", explica os planos futuros o CEO Christoph Loos.

Devido à redução da dinâmica da economia global e às contínuas tensões comerciais, o Grupo Hilti antevê um ambiente mais desafiante e um menor crescimento de mercado no atual ano comercial. Como resultado, espera-se um aumento médio a elevado de único dígito das vendas e do resultado operacional.

Evolução das vendas de 2018 em comparação com o ano anterior

 

2018

em milhões de CHF

2017*

em milhões de CHF

Câmbio para CHF (%)

Câmbio para
as moedas locais (%)

Europa

2.809

2.460

14,2

10,6

América do Norte

1.331

1.213

9,7

10,4

América Latina

129

128

0,9

8,6

Ásia-Pacífico

741

697

6,3

7,0

Europa de Leste/ Médio Oriente/África

649

615

5,5

9,3

Grupo Hilti

5.659

5.113

10,7

9,8

Valores-chave

em milhões de CHF

2018

2017*

Câmbio (%)

Vendas líquidas

5.659

5.113

10,7

Resultado operacional

728

681

7

Rendimento líquido

546

521

5

Fluxo de caixa livre**

245

325

-25

Retorno sobre as vendas (%)

12,9

13,3

-0,4

Retorno do capital empregue (%)

20,6

21,1

-0,5

Despesas com investigação e desenvolvimento

355

311

14

Número de funcionários
(a 31 de dezembro)

29.004

26.881

8

* Os valores de 2017 foram apresentados novamente devido à adoção da norma de receitas de contratos com clientes IFRS 15 e de instrumentos financeiros IFRS 9.

 

** Antes da aquisição e eliminação de subsidiárias.

Contacte-nos
Contacte-nos