Adicionado(s) ao carrinho
Adicionado(s) ao carrinho
Carrinho de compras

CEO do Grupo Hilti quer garantir o sucesso a longo prazo

Christoph Loos falou sobre a estratégia empresarial e a importância da estabilidade

Please enter alternative text here (optional)

Tal como previsto, a Hilti apresentou um crescimento de dois dígitos em francos suíços, em 2018. Está satisfeito com os resultados do ano?

Olhando para trás, encontra-se sempre coisas que poderiam ter sido um pouco melhores do que foram, mas 2018 foi um ano importante e bom para nós. Conseguimos reforçar o nosso nível de parceria com muitos clientes, voltámos a crescer a um ritmo de dois dígitos e utilizámos os bons resultados financeiros em investimentos importantes para o futuro. Também fizemos avanços significativos na implementação da nossa estratégia empresarial “Champion 2020”.

Em que áreas é que a Hilti fez os progressos mais significativos, em 2018?

Para mim, foi principalmente em três áreas. Continuámos a expandir a gama de soluções à disposição dos nossos clientes, concentrando-nos em tornar o seu trabalho mais simples, seguro e eficiente. Fizemos excelentes progressos em termos de digitalização, por exemplo com a introdução do nosso novo sistema SAP S/4HANA de planeamento de recursos de empresa ERP ("Enterprise Resource Planning"), e das capacidades de armazenamento e transmissão necessárias na “cloud” para aplicações da IoT. Por último, continuámos a expandir a nossa quota de mercado.

As incertezas políticas agravaram-se em todo o mundo. Como é que isto irá influenciar a Hilti?

Em 2018, as principais áreas foram os embargos ao Irão e à Rússia, as agitações na Turquia e a disputa comercial crescente entre os EUA e a China. Também se verificaram desvalorizações monetárias substanciais em vários países emergentes significativos, tais como Argentina, Brasil ou África do Sul. Os projetos de construção de larga escala requerem um ambiente de confiança e se as incertezas irromperem, esses projetos podem ser rapidamente adiados. Infelizmente temos de prosseguir pressupondo que estas incertezas vão aumentar em 2019.

A Hilti está a realizar enormes investimentos em digitalização. Como é que este campo se está a desenvolver?

Estamos precisamente no centro dos acontecimentos e este é um assunto que nos vai manter ocupados durante muitos anos. Atualmente estamos numa posição em que podemos dar assistência aos nossos clientes ao longo de todo o processo digital, em todas as regiões importantes do mundo. Desde o planeamento ao processo de construção, passando pela gestão de instalações, fornecemos as soluções digitais, o software e os serviços correspondentes, tais como o desenho e a modelação. Adicionalmente, aproveitámos 2018 para examinar atentamente a nossa comunicação digital com os clientes. Queremos alargar a nossa oferta de venda direta para que inclua elementos de marketing e de vendas digitais diferenciados. Isto é algo que vamos implementar agora passo a passo durante os próximos anos. Além disto, todos os nossos processos internos estão a tornar-se cada vez mais digitais – das finanças aos RH, formação e logística, passando pelas aplicações da "Indústria 4.0" no fabrico.

Disse que 2018 foi um ano decisivo em termos da estratégia empresarial “Champion 2020”. Atingimos a reta final?

Estamos a aproximar-nos da meta relativamente às nossas duas prioridades estratégicas mais importantes, que definimos com a estratégia “Champion 2020”: uma sólida oferta diferenciada de produtos, serviços e software, bem como a expansão da nossa posição no mercado nas áreas de produto centrais. Já estamos perto dos objetivos que definimos no início da implementação da estratégia. A implementação total e completa de todas as nossas iniciativas, no entanto, vai manter-nos ocupados durante mais alguns anos. E, como não vemos a necessidade de alterar a direção estratégica da empresa, decidimos prolongar o prazo da estratégia “Champion 2020” durante mais dois ou três anos além de 2020, para que possamos concentrar-nos na implementação de todos os aspetos da nossa estratégia.

Contacte-nos
Contacte-nos