Construir com selagem de varões nervurados

Qual a utilidade do varão?

A selagem de varões nervurados pode ser usada para formar a maioria das conexões no local – por exemplo, paredes, lajes, vigas, alicerces ou colunas de apoio. 

EXPANDIR ESTRUTURAS EXISTENTES

É a aplicação mais comum de selagem de varões nervurados, como, por exemplo, para:

  • Extensão de paredes
  • Extensão de colunas
  • Extensão de vigas
  • Extensão de lajes
  • Extensão de varandas
Hilti post installed rebar wall extensions

Extensão de paredes

Hilti post installed rebar HIT-RE 500 column extensions

Extensão de colunas

Hilti post installed rebar balcony extensions

Extensão de vigas

Hilti post installed rebar slab extensions

Slab extensions

UNIR COMPONENTES NOVOS A ESTRUTURAS EXISTENTES

São ligações simplesmente apoiadas ou rígidas, usadas para:

  • Ligações de viga a parede
  • Ligações de cachorro a parede
  • Ligações de escadas a paredes já existentes
  • Ligações de parede a parede
Hilti post installed rebar beam to wall extensions

Ligação de viga a parede

Hilti post installed rebar corbel to wall connection

Ligação de cachorro a parede

Hilti post installed rebar staircase connected to an existing wall

Escada ligada a uma parede já existente

Hilti post installed rebar wall to wall connection

Ligação de parede a parede

REFORÇAR ESTRUTURAS DE BETÃO JÁ EXISTENTES

Também desenvolvemos soluções únicas de "shear friction" (mecanismo de atrito) para coberturas de tabuleiros de pontes e reforço de armaduras.

  • Cobertura de betão
  • Reforço de tetos
  • Alicerces de colunas
  • Reforço de tabuleiros de pontes
Hilti post installed rebar concrete overlay

Cobertura de betão

Hilti post installed rebar ceiling reinforcement

Reforço de tetos

Hilti post installed rebar bridge deck strengthening

Reforço de tabuleiros de pontes

Hilti post installed rebar column foundation

Alicerces de colunas

ANCORAGENS QUÍMICAS HILTI RELACIONADAS PARA SELAGEM DE VARÕES NERVURADOS

Disponível para transferência

Software relacionado

PERGUNTE A UM ENGENHEIRO

Contacte-nos
Contacte-nos