Requisitos relativos ao dimensionamento contra incêndios

Regulamentos europeus em matéria de dimensionamento de edifícios resistentes ao fogo

Hilti modular support system MQ HDG for medium-heavy duty applications

É importante considerar os requisitos legais relativos à proteção contra incêndios, logo desde o início do seu projeto.

Os regulamentos de incêndios podem variar de acordo com o país e também podem divergir de um tipo de edifício para outro.

O tempo que um teto falso ou uma divisória aguenta durante um incêndio depende da estrutura. Por isso, as linhas diretrizes em matéria de incêndios definem os requisitos para as diferentes classes de edifício, desde um pequeno edifício residencial, até instalações industriais de grandes dimensões. 

COMO CONSTRUIR UMA SAÍDA DE EMERGÊNCIA E CAMINHOS DE EVACUAÇÃO

Hilti fire protection support system

Para a prevenção de incêndios, uma das mais importantes considerações a ter durante o dimensionamento de um sistema de proteção contra incêndios é garantir às pessoas no interior do edifício tempo suficiente para sair em caso de incêndio.

As diretrizes alemãs MLAR [4] (versão atual de 11/2005) descrevem como e durante quanto tempo os caminhos de evacuação devem ser mantidos livres durante um incêndio.

Entre as principais ideias do MLAR [4] incluem-se:

  • No caso de tetos falsos corta-fogo, a resistência ao fogo necessária tem de ser garantida no caso de um incêndio ter origem em cima ou por baixo do teto.
  • É necessário observar os requisitos especiais para sistemas de suporte de calhas, instalados entre o teto estrutural e o teto falso.

Normas europeias

As normas EN 13501 e EN 1366-1:2104 são algumas das principais normas europeias harmonizadas aplicáveis a países europeus relativas ao dimensionamento resistente a incêndios para condutas de ventilação e controlo do fumo.

Além desta, a diretiva alemã MLAR também explica a importância da prevenção de incêndios em sistemas de ventilação:

  • A secção 5.2.2 faz referência às linhas de ventilação, que têm de ser resistentes ao fogo. Estabelece que as secções de linha resistentes ao fogo têm de ser fixas com componentes do edifício resistentes ao fogo correspondentes.
  • A secção 5.2.4 faz referência às linhas de ventilação por cima de tetos falsos. Estabelece que se as linhas de ventilação estiverem instaladas por cima de tetos falsos corta-fogo, então têm de ser fixas de modo a não ceder em caso de incêndio (consulte a norma DIN 4102-4:1994-03 [6], capítulo 8.5.7.5).

PERGUNTE A UM ENGENHEIRO

Contacte-nos
Contacte-nos