Hilti nail selection guide

Um guia rápido para selecionar o prego certo para betão

Fixação direta no betão

alt text

Nem todos os pregos são criados da mesma forma

Existe uma ampla variedade de pregos a escolher para aplicações de fixação direta. Nem sempre é fácil compreender as diferenças entre os vários tipos de pregos e selecionar o prego certo para as suas necessidades.

Os nossos sistemas de fixação são concebidos para obterem o máximo desempenho numa ampla gama de aplicações.

O que determina o desempenho do prego

Vários fatores, como as propriedades do betão, conceção do prego e sistema de fixação utilizado podem influenciar o desempenho do prego no seu local de trabalho.

Os três principais fatores que definem a adequação de um prego para a utilização em betão são: a taxa de fixação (ou seja, a percentagem de pregos que fixam com segurança), o valor de retenção e o custo do prego.

Como selecionar o prego certo para betão?

Leia e descubra mais sobre os fatores influenciadores.

1. Noções básicas sobre betão

Prego em betão

Um prego para penetrar no betão cria um orifício para a haste resultando no esmagamento e compactação do betão. O prego também precisa de resistir ao forte impacto dos agregados que encontra pela frente na composição de betão. A resistência ao arranque resultante obtido pelo prego está diretamente ligado à sua profundidade de embebimento.

Distinguimos entre três tipos de betão:

Macio (S)

  • Tensão de compressão baixa (até 25 mpa)
  • Agregados de pequena a média dimensão; p. Ex. Calcário macio
  • Exemplo: betão leve

Duro (T)

  • Tensão de compressão média a elevada (entre 25 e 35 mpa)
  • Agregados de média dimensão; p. Ex. Calcário macio, gravilha
  • Exemplo: betão de peso normal

Muito duro (V)

  • Força de compressão elevada (eaté 50 mpa )
  • Grandes agregados de elevada proporção, principalmente duros; e.g. Quartzo, granito
  • Exemplo: betão de elevado desempenho, betão muito antigo

2. Características do prego

Dureza do prego e compactabilidade, ou seja, a capacidade de o prego penetrar e compactar o betão, são fortemente influenciadas por três características da conceção do prego:

  • Forma da ponta do prego
    1 / 3
    Forma da ponta

    A forma da ponta influencia a capacidade de o prego penetrar no betão. Quatro formas diferentes são utilizadas. A ponta cortada, a ponta balística, a haste nervurada e ponta cónica longa.

  • Geometria do prego
    2 / 3
    Geometria do prego

    O comprimento e diâmetro também afetam a facilidade de penetração do prego no betão.

  • Dureza do prego
    3 / 3
    Dureza do prego

    A dureza do prego influencia a probabilidade de este ser orientado com sucesso. Um prego mais duro é mais fácil de orientar em material duro. No entanto, se o prego for demasiado duro, parte, em vez de dobrar, quando atinge o agregado duro no betão.

3. Fatores que influenciam a sua escolha do prego

Os três fatores que mais importam nas aplicações de fixação direta são:

  • Taxa de aderência
    1 / 3
    Taxa de aderência

    A taxa de fixação indica a percentagem de pregos devidamente orientados com a profundidade correta, ou seja, com a profundidade permissível do prego.

  • Valor de retenção
    2 / 3
    Valor de retenção

    Os valores de resistência de fixação fornecem uma medida da capacidade de suporte de carga do prego. As cargas podem ser divididas em dois tipos: corte e tração. As cargas de tração atuam na direção da haste do prego e as cargas de corte no sentido perpendicular à direção da haste do prego.

  • O custo do prego
    3 / 3
    O custo do prego

    A ampla gama de pregos da Hilti oferece a solução mais eficiente em termos de custo para várias aplicações, permitindo-lhe escolher exatamente o prego certo para os seus requisitos.

4. Classes do prego

Foram desenvolvidos diferentes pregos para várias aplicações. Estes podem ser agrupados em cinco classes ilustradas na tabela abaixo.

Em geral, os pregos da classe V de serviço ligeiro apresentam a solução mais económica porque são menos dispendiosos. O custo relaciona-se diretamente com as tecnologias de produção envolvidas, bem como com o material em que são fabricados os pregos. Cada uma das classes de prego mais elevadas apresenta um desempenho melhor sob condições difíceis do que a inferior, mas os custos de produção, e preço do prego, aumentam com cada classe de prego.

Tabela de classes do prego

5. Embebimento

Tabela de embebimento do prego

Um fator adicional que influencia o desempenho do prego é a profundidade de embebimento.

Um prego com maior embebimento tem a capacidade de suportar cargas superiores. No entanto, se um prego precisar de maior embebimento, podem ocorrer dois efeitos secundários: A taxa de fixação diminui e será necessária mais energia para fixarporque o prego tem de penetrar mais no betão.

6. Pregos e betão

  • Taxa de fixação das classes do prego em diferentes tipos de betão
    1 / 2
    Taxa de fixação das classes do prego em diferentes tipos de betão

    O desempenho do prego varia de acordo com a natureza do betão e a distribuição dos seus agregados. Os pregos de todas as classes apresentam um desempenho similar no betão macio, mas à medida que o betão é mais duro, a taxa de fixação varia.

  • Taxa de fixação versus resistência ao arranque das classes do prego
    2 / 2
    Taxa de fixação versus resistência ao arranque das classes do prego

    As diferenças entre pregos são claras quando nos deparamos com betão duro. Os melhores pregos apresentam um desempenho melhor do que os mais baratos. Veja como a profundidade de embebimento, a geometria do prego, a dureza e a forma da ponta variam entre as classes de pregos.

7. Sistemas hilti

O nosso sistema de fixação ajuda a assegurar que os pregos são corretamente orientados atingindo uma perpendicularidade do prego máxima, uma boa orientação do prego e uma utilização rigorosa da energia de fixação apropriada.

  • Perpendicularidade
    1 / 3
    Perpendicularidade

    As nossas ferramentas de fixação ajudam a manter o prego perpendicular à superfície de trabalho eliminando, assim, quaisquer falhas causadas pela tentativa de orientar o prego num ângulo.

  • Orientação do prego
    2 / 3
    Orientação do prego

    Graças à excelente orientação do prego na ferramenta e à utilização de anilhas sólidas, o prego saí da ferramenta no ângulo pretendido.

  • Energia de aperto
    3 / 3
    Energia de aperto

    A energia de fixação do prego libertada por uma ferramenta Hilti é controlada de forma precisa, assegurando uma concretização fiável da profundidade de embebimento pretendida.

8. Selecionar o prego certo para as suas necessidades

Eis quatro passos para se orientar na escolha do prego certo:

1.    Compreender a aplicação

2.    Ser específico sobre os requisitos que são importantes

3.    Conhecer a gama de pregos Hilti

4.    Escolha o prego certo com base nas suas necessidades

Se seguir estes quatro passos, poderá:

  • Maximizar a taxa de fixação
  • Obter a resistência ao arranquepretendida
  • Selecionar o prego mais eficiente em termos de custos

Atingir uma profundidade de embebimento ideal com base na seleção do cartucho ou fulminanteapropriado e ajuste da definição de potência da ferramenta

9. Quer saber mais?

Para mais informações sobre os nossos pregos e respetivas especificações, consulte o Guia Técnico Hilti ou o nosso Manual de Tecnologia de Fixação Direta. Ou descarregue a nossa aplicação de seletor de pregos, disponível gratuitamente.

Contacte-nos
Contacte-nos