Adicionado(s) ao carrinho
Adicionado(s) ao carrinho
Carrinho de compras

Poeiras em obra: quais os riscos e como os prevenir?

A Hilti explica-lhe os riscos e apresenta-lhe soluções

O seu parceiro na aspiração de poeiras obra

1 hora de fresagem emite 17 kg de poeiras

No setor da construção, a maior parte das aplicações emite uma quantidade substancial de poeiras. Em apenas 1h, a fresagem emite 17 kg de poeiras, o desbaste 3 kg e a demolição 2 kg. É importante proteger-se, a fim de trabalhar em total segurança e sem colocar a sua saúde em perigo.

Quais as poeiras mais perigosas nas obras?

Poussières sur chantier professionnels

Amianto:

Invisível a olho nu, estas poeiras são também denominadas fibra de amianto. Logo que inalado, o amianto transita através das vias respiratórias até aos alvéolos e, aquando uma forte exposição, pode provocar cancro a longo prazo. Para combater os riscos de exposição ao amianto, é necessário utilizar proteções pessoais e sistemas de aspiração adaptados.

Silício:

O silício existe sob a forma de quartzo, de cristobalita ou de tridimita. Está presente em vários materiais como o betão, argamassa ou grés e desenvolve-se, aquando do corte, desbaste ou ainda demolição. O silício cristalino é perigoso: penetra nas vias respiratórias e pode-se depositar e obstruir os alvéolos pulmonares e, a prazo, desenvolver cancro.

Madeira:

As poeiras de madeira surgem aquando do corte e desbaste da madeira. As partículas podem ser visíveis a olho nu e infiltrar-se logo pelo nariz, mas algumas são muito mais finas e podem, assim, atingir os alvéolos pulmonares. Este tipo de poeiras provoca lesões tanto cutâneas como respiratórias.

Impactos e riscos das poeiras nas obras

As poeiras são inaladas por via respiratória. Quanto mais finas as poeiras, mais penetram no corpo. O organismo fica, de seguida, fragilizado e com menos defesas. As consequências podem ser desagradáveis ou mesmo perigosas para a saúde.

 

Tamanho das poeiras

 Efeitos no organismo

De 10 a 100 mícrones

As poeiras penetram até às fossas nasais.

De 5 a 10 mícrones

As poeiras penetram até aos bronquíolos, passando pela traqueia e brônquios.

0,5 mícrones

São as poeiras muito finas. São tão finas que atuam como um gás e seguem as vias respiratórias até aos alvéolos pulmonares.

efeito de poeira

A inalação de poeiras pode causar:

  • Dificuldades respiratórias
  • Alergias (por exemplo, desenvolvimento de asma)
  • Lesões nasais (rinites, cancro etmoidal)
  • Efeitos nos pulmões (silicose, siderose…)
  • Cancros (pulmão e nariz)

Quais as medidas a implementar na prevenção?

Para melhor combater as poeiras obra, a norma EN 60335-2-69 estabeleceu uma classificação das poeiras que permite reduzir e limitar os perigos na obra. Os tipos de poeiras foram avaliados segundo um valor limite de exposição profissional (VLEP).

Isso corresponde à concentração no ar (miligrama de poeiras/metro cúbico de ar) de poeiras que uma pessoa pode respirar durante 8 horas de trabalho sem que isso represente um risco para a sua saúde. 

 

 

Classe L

Classe M

Classe H

Tipo de poeiras

Poeiras domésticas

Poeiras de madeira e minerais, quartzo

Poeiras cancerígenas (cristobalita, tridimita), fungos, bactérias e germes

VLEP

> 1 mg/m3

≥ 0,1 mg/m3

< 0,1 mg/m3

Eficácia de aspiração mínima*

99%

99,9%

99,995%


Segundo a norma EN 60335-2-69 e IEC 61 J/94/CD

Aspirador de local profissional

1. Gestão das poeiras através da aspiração

Utilizar uma fonte de aspiração que permita reduzir a emissão de poeiras.

sistema de extracção de pó

2. Gestão das poeiras através da humidificação

O corte, perfuração ou fresagem com água limita a proliferação de poeiras no ar. É um meio de reduzir os riscos ligados às inalações de poeiras.

protecção contra poeiras no local

3. Utilização de Equipamento de Proteção Individual (EPI)

É primordial utilizar o EPI. A masca respiratória permite limitar a inalação de poeiras e proteger o organismo. É recomendado vestir um fato para limitar a deposição de poeiras no vestuário. A utilização de óculos de proteção é, igualmente, necessária.

Aspirador de pó para profissionais da construção

4. Evite utilizar uma vassoura

A utilização de vassoura para as poeiras no solo não é aconselhada. O aspirador é a melhor opção.

formação contra o pó

5. A formação da prevenção de riscos ligados às poeiras

As poeiras são uma questão central e é necessário sensibilizar os intervenientes que podem estar expostos através de formação profissional.

Soluções Hilti para o combate às poeiras

A Hilti compromete-se a ajudar na redução da exposição às poeiras e a aumentar a produtividade na obra com ferramentas e serviços concebidos para limitar os riscos ligados às poeiras. Com este objetivo, a propomos um sistema completo de soluções desde o material de obra, à prevenção. 

  • Os consumíveis da Hilti são concebidos especificamente para orientar ou aspirar as poeiras.
  • As ferramentas Hilti são concebidas de forma a serem compatíveis com sistemas de aspiração e estudadas a fim de limitar a exposição dos utilizadores às poeiras.
  • Os acessórios, compatíveis com as nossas ferramentas, permitem recolher o máximo de poeiras.
  • Os aspiradores Hilti possuem uma tecnologia inovadora para a limpeza automática do filtro que assegura uma aspiração ideal das poeiras a longo prazo.
  • formação de saúde e segurança permite prevenir os riscos sensibilizando os utilizadores para os riscos ligados às poeiras e comportamentos corretos a adotar. 
Please enter alternative text here (optional)

Contacte-nos
Contacte-nos